Em nossa postagem anterior  abordamos os princípios fundamentais para executar com êxito sua estratégia de Inbound Marketing com produção de conteúdo. Mais do que uma estratégia de  exposição e convencimento do consumidor, hoje é preciso assegurar um relacionamento produtivo, despertando o interesse e encantando o público. Para que sua estratégia de Inbound dê resultados reais e mensuráveis, alguns elementos são essenciais na hora de colocar a mão na massa, apresentar a credibilidade do seu negócio a seus clientes e destacar-se da concorrência. Veja a seguir alguns elementos que não podem faltar em seu planejamento:

  • Blog

Em uma estratégia de marketing de conteúdo o blog é a peça chave. É ele que vai consolidar seu relacionamento com o público, trazer credibilidade para sua empresa e mostrar o quanto você entende do universo de assuntos do produto ou serviço que você oferece. Independentemente da sua empresa já possuir um site, o blog é uma ferramenta muito importante de conexão com o público, garantindo uma interação muito produtiva entre você e o consumidor. Isso abre espaço para que você aja de acordo com a nova tendência no mercado: encantar e conquistar clientes.

Dicas:

  • Escreva conteúdos atrativos! Isso significa escrever coisas relevantes para o seu público alvo. Após fazer o estudo de personas, você terá embasamento para saber que tipo de assunto abordar e como aborda-lo;
  • Defina bem seu tema e não se esqueça de utilizar as palavras chaves dentro do seu texto. Isso é necessário para um bom SEO, fazendo com que você se destaque nas buscas do Google;
  • Use uma escrita simples e direta. Isso é um blog e não artigo acadêmico! A leitura deve ser de fácil compreensão e assimilação;
  • Faça o uso de imagens para atrair seu público. Isso ajuda a dividir melhor seu conteúdo e facilitar a leitura;
  • Tenha um fluxo regular de postagens. De nada adianta você postar por semanas seguidas e depois “esquecer” e passar meses sem escrever nada. Outro ponto importante é não sufocar seu público com conteúdo demais. Nem muito, nem tão pouco. Mantenha um fluxo contínuo e equilibrado de produção de conteúdo.
  • E-mail Marketing

Segundo dados apresentados no site Viver de Blog, 92% dos usuários da internet possuem pelo menos 1 conta de e-mail. Com isso, existem mais de 3,5 bilhões de contas de e-mail no mundo. Esses dados só comprovam o quanto essa ferramenta, quando bem utilizada, pode ser muito útil. O e-mail marketing permite que você estreite sua relação com o consumidor e, inclusive, atraia leads para o seu site e blog. Outra vantagem do e-mail marketing é manter seus seguidores atualizados sobre postagens novas, promoções, lançamentos entre outras coisas. Outro dado apontado diz respeito à relevância de uma newsletter. Clientes que receberam e-mails marketing consumiram 83% a mais do que os que não cadastraram e não receberam nenhum e-mail.

Para que você tenha uma lista de contatos considerável é preciso pensar na captura desses contatos. Nada de comprar listas prontas de pessoas que nunca ouviram falar do seu negócio, e acabar sendo visto como spam. Na estratégia de inbound, o objetivo é atrair o público certo e fazer com que ele se interesse pelo seu conteúdo, deixando o e-mail de contato em seu site.

Dica:

  • Assine os e-mails com seu nome ou do responsável por aquele assunto abordado, ao invés de assinar com o nome da marca ou site. Isso traz pessoalidade e credibilidade!
  • Pense bem no título do ‘assunto’ do e-mail. Ele é o responsável pela maioria das aberturas dos e-mails. Use a criatividade e o bom senso para criar um ‘assunto’ interessante e atrativo, que desperte a curiosidade do público. ‘Assuntos’ com ate 50 caracteres tem mais chances de serem abertos.
  • Caso seja possível, se dirija a pessoa pelo próprio nome. Essa personalização agrega valor a seus conteúdos.
  • Lembre-se que seu público está recebendo os e-mails marketing por livre e espontânea vontade. Por isso, deixe a opção de descadastramento da newsletter, caso seja do interesse do consumidor.
  • A mesma regra de textos curtos é válida tanto para blogs quanto para e-mails marketing. Seja simples e vá direto ao ponto.

 

  • E-book

Desenvolver e-books entra em uma etapa mais demorada e detalhada do inbound; requerem mais pesquisas para serem produzidos,  contudo, são muito eficazes na hora de atrair e converter leads qualificados. Os e-books também são ótimos instrumentos para você fazer uma campanha online semelhante ao boca a boca. Se a pessoa gostar do seu conteúdo, é provável que ela compartilhe com os amigos, especialmente se você incentivar o compartilhamento. O acesso a esses e-books se dá por meio de formulários onde os leads, após preencherem com os dados de contato, podem baixar o conteúdo. Neste caso, como troca ao recebimento do material, você também pode propor o compartilhamento nas redes sociais, como método de cadastro.  Os e-books permitem reunir informações mais profundas sobre determinado assunto, tornando o material mais completo, didático e valioso.

Dicas:

  • Explore ao máximo o assunto abordado. Pesquise muito, mostre seu conhecimento e vire referência no assunto.
  • Insira plugins de compartilhamento nas redes sociais.
  • Capriche nas imagens utilizadas para ilustrar.

 

  • Redes sociais

Muitas empresas utilizam as redes sociais como canal exclusivo de comunicação com o público. Quando se trata de Marketing Digital de Resultados, as redes sociais são muito importantes, mas nunca devem ser o pilar principal na estratégia. Entre as várias ferramentas utilizadas no Inbound as redes sociais também necessitam de um engajamento do público para se tornarem eficientes. Uma pesquisa realizada pela Telestra revelou que 24% das pequenas empresas que realizaram algum investimento em redes sociais não obtiveram um resultado positivo. Um outro estudo criado pelo Instituto Brasileiro de Inteligência de Mercado (Ibramerc) mostrou que 37% de empresas não melhoraram suas vendas após ingressarem no canal. Na maioria dos casos, esse resultado negativo se dá pela linguagem e posicionamento equivocados utilizados pelas empresas. Não associe seu perfil pessoal à página do seu negócio e mantenha uma identidade para sua marca em todas as plataformas.

Dicas:

  • Crie conteúdo útil, seja ele educacional, divertido ou simplesmente interessante. Torne o conteúdo fácil de compartilhar;
  • Use imagens grandes e de boa qualidade e, principalmente, de bancos de imagens. Isso evitará problemas futuros, além de dar o ar profissional que seu negócio precisa.